É com satisfação que comunico minha participação no livro Mapa do Jogo, organizado por Lucia Santaella e Mirna Feitoza. O capítulo Paisagem Sonora nos Games, de minha autoria, analisa as diferenças entre o design sonoro nos games, no vídeo e no cinema.

Leia a sinopse:

A evolução tecnológica dos games tem sido veloz e sua emergência como fenômeno de cultura, de estética, de linguagem e de entretenimento, tem alcançado tamanha amplitude que sua presença se nota marcante nos mais diversos meios acadêmicos – da computação gráfica à engenharia elétrica, da crítica literária à semiótica. Esta obra apresenta ensaios do ponto vista semiótico, educacional, estético, narratológico, epistemológico, que trazem reflexões a respeito de questões emergentes da cultura digital. Trata-se de uma referência para os estudiosos desta cultura e de outras que nem desconfiam da riqueza desse gênero para a melhor compreensão de seu campo de atuação.

Deixe uma resposta